Fica a dica: Batom Mate Veludo Roxuva - QDB?


Não posso deixar de mostrar pra vocês minha nova paixão: Batom Mate Veludo Roxuva da Quem disse Berenice?! Estou completamente apaixonada por ele! 

Sempre quis ter um batom roxo porque acho que ele dá um destaque para qualquer make, principalmente aquelas mais simples! Mas eu nunca encontrava o batom certo, confesso que é bem difícil de encontrar! Maaaaaaas, como sempre tem a primeira vez né? Estava eu e minha mãe andando no shopping daqui de CG e decidi entrar na loja Quem disse Berenice? -não tem como não entrar rs- e foi aí que perguntei se tinha algum batom roxo, a mulher me mostrou quatro cores, foi aí que encontrei essa cor linda maravilhosa!



Dá pra perceber na foto que ele é bem mate né? Só que ele é metade cremoso e metade mate, acho isso ótimo, porque não gruda no dente e nem fica com aquela "meleca" de batom cremoso e gloss sabe? Esse é meu primeiro batom mate e já amei, quero mais!




Não dá pra reparar muito em fotos, mas ele tem um acabamento seco com pontos cintilantes. Só dá pra ver pessoalmente e quando você presta bem atenção na cor! A durabilidade é ótima, fiquei impressionada! E o cheirinho também é bem gostosinho.  


O "precinho" dele é salgado, mas como ganhei de presente nem liguei. KKKKKK -desculpa aí mãe, te amo!- O batom foi R$ 27,90, mas vale a pena pagar esse valor só pela durabilidade dele nos lábios. Eu sou daquelas que costuma pagar caro em algo que realmente vale a pena.



Uma das vantagens de se ter batons escuros é que você não precisa passar muita maquiagem para sair. É só passar o batonzão e pronto, você estará pronta pra balada/shopping/festa/etc.






O que acharam da cor? Vocês gostam de batons escuros? Me conte aí nos comentários, vou amar saber. <3


PS 1: Minha franja está uma bosta porque cortei sozinha.
PS 2: Logo mais tem resenha de outro batom roxo. huhuh. <3
 Ia falar dele nesse post mas ficaria muito grande.

Então é isso, se joga com o batom da Quem disse Berenice?! hahaha


* Esta marca não faz testes em animais.
* Este post não é um publieditorial.