Rabiscos: Não sei.


    Você veio para bagunçar. Isso mesmo, você veio para bagunçar a minha vida. Nunca pensei que um dia iria escrever sobre você. Na verdade... Nunca imaginei que um dia você estaria em algumas páginas da minha história. Nem sequer passou pela minha cabeça que você estaria por aí... Andando nas mesmas ruas que eu, gostando das mesmas coisas que eu.

Por quê? Me diz, por quê? Por que você apareceu logo agora quando tudo estava dando certo, quando pensei que a minha vida finalmente estava seguindo um rumo? Não consigo parar de pensar em você, só fico imaginando nós dois juntos, felizes. Mesmo sabendo que é impossível estar ao seu lado, porque você tem uma pessoa para chamar de amor, e o pior de tudo... É que eu também tenho.

Na verdade, não sei se isso é bom ou ruim, não sei se o que estamos vivendo hoje pode acabar, e um dia talvez nos encontremos em uma dessas ruas tortas... Não sei.

Me sinto mal por não poder desabafar isso com alguém, por ter que colocar em minha cabeça que essa história nunca será vivida, e que você, nunca será meu.

A minha pergunta sempre será “POR QUÊ?”.

Por que não nos encontramos quando estávamos sozinhos? Por que quando você me olha consigo sentir algo diferente? Por que você olha dentro dos meus olhos como se quisesse falar algo?

Eu nunca conversei com você direito, se me perguntarem algo da sua vida, vou dizer: “Não sei”. E mesmo assim, mesmo não sabendo nada sobre você, só de trocar olhares parece que entendo tudo o que quer dizer...

Não consigo explicar o que estou sentindo, mas por dentro estou gritando, gritando com a intenção de você me ouvir, de ao menos notar-me, mesmo sabendo que é impossível. Esse sentimento ficará aqui dentro me perturbando todas as noites, me fazendo sonhar com seus abraços, seus carinhos, sem nunca ter sentido seus toques.

Eu sei que isso não é amor, isso é paixão. Eu sou daquelas que se apaixona por olhares, por palavras que não foram ditas, por carinhos que foram dados em sonhos. Não sei se te contei, mas vivo em um sonho todos os dias, e não quero mais sair dele, porque lá te encontro, lá você me toca, e me faz sentir completa. Quando acordo é como se uma parte de mim ficasse lá naquele sonho, é como se eu não existisse fora dele, porque acordada eu não te toco, apenas te desejo em silêncio.

E agora só te peço uma coisa: Não me olhe. Por favor, pare de querer me falar algo com um olhar, pare de me iludir em sonhos, não consigo mais suportar essa distância, esse sentimento irreal, por favor, me acorde.



Para saber mais sobre essa categoria no blog, clique aqui.

PS: Espero que tenham gostado do texto e da foto que foi um autorretrato. Comentem o que acharam, sua opinião é importante. :)

Me acompanhe também nas redes sociais: